segunda-feira, 12 de junho de 2006

tiny bang

Sabes aqueles filmes que falam da vida inteira de uma pessoa? Ou pelo menos dos momentos mais marcantes? São dos meus preferidos. É claro que só valem alguma coisa se tiverem um narrador… até pode ser essa pessoa a contar a história, anos mais tarde é claro… bem se assim for até são melhores! Mas têm de ser pessoas desconhecidas! E se forem famosas, a história tem mesmo de valer a pena! Um bom exemplo deste tipo de filmes é o Forrest Gump. Excepcional!
Bem, a esta hora deves-te estar a perguntar o porquê disto… estava a pensar em criar um blog já a algum tempo. E esta é uma das razões. Se eventualmente eu não for o narrador da minha história daqui a alguns anos, ficam aqui algumas linhas de orientação para quem o for.
A outra razão para ter começado foi uma menina de sorriso bonito ter dito que vinha ler e até comentava!
Bem, agora espero estar à altura! Wish me luck!

8 comentários:

marta disse...

vais com certeza estar à altura! não tenho dúvidas disso! além disso as pessoas que não regulam dão sempre valor a ter um local onde possam descomprimir e libertar-se um bocado da pancada! hehe ;) boa sorte com isto bju*

Mumia Lala disse...

É sempre bom saber um bocadinho mais sobre ti... jinho grande

Anónimo disse...

lolololol... tu a fazer um blog só pode dar em momentos hilariantes. Tou a brincar... Boa Sorte, apesar de eu achar que não precisas. ;). Será que consegues adivinhar quem sou eu... bjs

Diogo "Mini" Bento disse...

realmente ha sorrisos que conseguem so por si dominar completamente a mente de um homem...
ate te fazem criar um blog!

como tu andas .. ;)

akele abraço

Pedro Miguel de Moura disse...

conheço mtos casos da blogosfera que deram romances depois...ou se calhar não. lollol

abraços

Anónimo disse...

Será que a menina de sorriso bonito sou eu? honraria-me muito tal elogio;) desejo-te muita sorte para o teu blog (apesar de achar que não precisas), e, mesmo não sendo eu a menina a que te referes, virei cá sempre ler e comentar. beijos

Anónimo disse...

A história de uma vida...a narração de momentos, bons ou maus, não importa...aconteceram, estão lá, fazem parte de ti.Talvez, daqui a uns anos, olhes para trás e possas encontrar aqui a resposta às pequenas coisas que o tempo foi apagando da memória, esses "pedaços de silêncio perdidos"...Porque não há nada mais triste do que querer recordar e não poder...Boa sorte!!!

Anónimo disse...

"Se eventualmente eu não for o narrador da minha história daqui a alguns anos, ficam aqui algumas linhas de orientação"

porque não continuas as tuas linhas?