quarta-feira, 9 de agosto de 2006

Ironia


A Vida não é ironica... é ela mesmo uma ironia.
É curioso olhar em retroespectiva e analisar bem as voltas que a Vida dá, e analisar todos os pequenos detalhes, decisões e eventos que sucederam e moldaram a nossa Vida até ao ponto em que estamos.. No meu caso encontro muitas supresas. Penso em mim há seis anos atrás e se me dissessem como seria o futuro não acreditaria. Todos os bons momentos, os maus, as supresas, o inevitável e o imprevisto que agora dou por adquiridos pareceriam-me todos, ou quase todos como algo de muito estranho.
A viagem pelo secundário, a entrada na faculdade e o seu percurso.. os amores, as aventuras.. a maturidade.. e no entanto.. parece que foi ontem que tudo isto se desenrolou. Tento visualizar todos os momentos, e embora não consiga visualizar tudo, o que consigo parece-me tão vivido, tão real, tão "há uns dias".
É também curioso ver o quanto uma pessoa muda em tão pouco tempo.. mas há sempre um bocadinho de nós que permanece imutável. (e tu sabes que sim.. )
Recentemente, algo aconteceu na minha vida que me fez recordar o passado. Partes boas e partes más.. mas ainda bem que apareceste. Sinto que essa parte que não muda em nós estava há um tempo esquecida por mim.. e tu fizeste-a respirar de novo. Obrigado
A Vida é também uma aventura. Deve-se viver de uma forma arrojada, eu pelo menos penso assim. Quando estiver ás portas da morte quero olhar para trás e sentir que vivi tudo o que tinha a viver.
Penso em mim daqui a seis anos.. em como estarei e como serei.. é estranho pensar nisso.. terei quase 28 anos.. já é uma idade aceitável para ser pai! e ainda me sinto muito como o filho..
Penso que, se tudo mudar tanto como mudou nestes seis anos que passaram, então pelo menos que mude da mesma forma, pois hoje posso dizer que sou feliz. Mas estou curioso para descobrir.. queres ajudar-me? (eu dou-te uma tulipa amarela) quem diria?

6 comentários:

marta disse...

gostei do post.. deu para pensar.. a vida é bastante irónica, como bem referiste.. e para mim nem preciso de recuar os 6 anos que recuaste.. se há um ano atrás eu visse a situaçao em que iria estar agora nao iria acreditar, a minha vida deu uma reviravolta tao grande que eu ate me iria rir do rumo que ela tomou, de tal forma inesperado e... mas também que piada ela teria se assim nao fosse, nao e? É esta ironia e as pequenas surpresas que a vida nos revela a cada esquina que fazem com que valha a pena..:) as pessoas que conheces ou com as quais voltas a falar passado muito tempo, as tuas conquistas, tudo ajuda para dar mais um pouco de cor.. nice post, continua.. bju*

Anónimo disse...

A vida é mesmo uma grande ironia...Leva-nos ao céu mas no momento seguinte faz-nos descer ao inferno. Todas as vidas têm algo de irónico, umas mais que outras...afinal, parece que linhas paralelas se cruzam em algum ponto, não é?Com o tempo aprendi a não ceder às ironias da minha vida, a não deixar que se apoderassem de quem eu sou, aprendi a rir-me delas e a aceitá-las...Mas, como ironia que a vida é, reservou-me a mais doce de todas as ironias...

Pedro Miguel de Moura disse...

o romântico inveterado! :) um grande abraço. aparece n costa um dia destes.

Sê disse...

Tens razão… A vida é toda ela uma ironia…
Às vezes, parece que brinca demasiado connosco. Será? Será que tudo pelo que passamos não é apenas uma ajuda para podermos traçar o nosso caminho e depois olhar para trás com orgulho?
Há bem pouco tempo estava mesmo destroçada. Totalmente. Desiludida, magoada… Todos os sentimentos maus que evito constantemente. Eu sei que nada voltará a ser como dantes. Eu sei que nunca me vou esquecer do que aconteceu. Ainda tremo e ainda choro.
Apesar de tudo estou feliz. Apesar de tudo ele esteve sempre lá. Pode não ter sido a ajuda principal devido à distância, mas esteve sempre comigo… E quando ele voltou eu vi que tudo iria ficar bem. Tudo. Estou mesmo feliz. E sinto-me forte. Apesar de todas as marcas, eu sinto-me feliz. Com ele, graças a ele.
Estou feliz, e quero dizer a todos! Posso continuar a sonhar. Foi há três anos que tudo começou, mas ainda me sinto apaixonada. Bem mais até do que naquele dia, naquela praia. Estou viva, e apaixonada e ele está comigo.
Faço por só recordar as coisas boas… Mas também sonho com o futuro! Às vezes, quase lhes consigo sentir os cheiros… E ele faz com que valha a pena sonhar. Eu sei que sim. Eu sinto que sim.E isto é também um obrigado.

Anónimo disse...

Where'd you go? I miss you so...Seems like it's been forever that you've been gone...Please come back home...

Diogo "Mini" Bento disse...

curioso ter passado por aqui hoje...
tendo em conta que ontem estive a recordar muitas coisas. um regresso ao passado, nao de 6 anos, talvez de 16...
recordando tanto coisa, tantos obstaculos gigantescos que afinal eram fáceis, e outros fáceis que nunca foram ultrapassados.
Ideiais, ideias, sonhos, desejos... concretizados uns, outros infelizmente nao e outros felizmente que não passaram disso mesmo!
A pensar na ironia da vida, por vezes penso no que é dito por algumas bocas, "a vida não é nada fácil" ou "a vida é complicada", coisas assim... E em muitas dessas vezes penso para mim algo que ja foi quase que um motto, e que espero que nunca desapareça totalmente, "a vida não é complicada. É simples e fácil, tanto que é simples e fácil complicá-la!"...
entendam como quiserem...

um grande abraço rapaz